O escambo administrativo: veja como n√£o pagar IMU e TASI

Introduzido pela Unblock Italy, o escambo administrativo, ou seja, a possibilidade de n√£o pagar impostos para a cidade, chega pela primeira vez no Invorio.

O escambo administrativo: veja como n√£o pagar IMU e TASI

IMU e TASI: permuta administrativa

Barter Administrativo

Para aqueles que t√™m dificuldade em pagar os impostos municipais, IMU e TASI na lideran√ßa, o decreto desbloquear It√°lia ele previu o chamado permuta administrativa: realizando uma interven√ß√£o de utilidade p√ļblica para a pr√≥pria comuna, desde a limpeza das estradas at√© o atendimento do p√ļblico verde, voc√™ pode obter um desconto ou a isen√ß√£o total do pagamento de impostos ao munic√≠pio.
Mas √© necess√°rio que os mesmos munic√≠pios adotem resolu√ß√Ķes apropriadas para estabelecer crit√©rios, limites e condi√ß√Ķes.
Um ano após a adoção do decreto e da disposição em questão, o primeiro município a se deslocar foi Invorio, na província de Novara. Será um exemplo para todos os outros?

Em quais interven√ß√Ķes a troca administrativa consiste

Os singles interven√ß√Ķes que os cidad√£os em forma √ļnica ou associada, podem perceber atrav√©s da obten√ß√£o de descontos sobre os impostos municipais podem incluir:
‚ÄĘlimpeza
‚ÄĘmanuten√ß√£o
‚ÄĘembelezamento de √°reas verdes, pra√ßas, ruas
‚ÄĘdecora√ß√£o urbana
‚ÄĘrecupera√ß√£o e reutiliza√ß√£o, com fins de interesse geral, de √°reas n√£o utilizadas e de propriedades n√£o utilizadas
‚ÄĘmelhoria de uma √°rea limitada do territ√≥rio urbano ou extra-urbano.

O primeiro caso de escambo administrativo no Invorio

TASI IMU barter

O Munic√≠pio do Inv√≥rio publicou os regulamentos do registro pretoriano com os requisitos para poder participar do permuta administrativa, desde que os cidad√£os possam apresentar projetos sobre interven√ß√Ķes de utilidade compensar os impostos municipais n√£o pagos o outras d√≠vidas com a administra√ß√£o municipal, residentes adultos com um indicador ISEE n√£o superior a 8.500 euros ou que tenham recebido contribui√ß√Ķes como inquilinos nos √ļltimos 3 anos.
Assim, dois cidad√£os j√° se alinharam e o primeiro pedido foi aceito: um cidad√£o realizar√° cerca de dois meses, 4 horas por dia de limpeza da rua, a 7,50 euros por hora. Desta forma, ele ser√° capaz de compensar sua d√≠vida com a administra√ß√£o municipal de cerca de 1200 euros para as contribui√ß√Ķes de aluguel para a habita√ß√£o p√ļblica n√£o remunerada.

Escambo administrativo em outros municípios

Uma iniciativa do munic√≠pio de Invorio que serve como um pioneiro para outros centros em toda a It√°lia. Ent√£o tamb√©m um Marcellinara, um pequeno munic√≠pio em Catanzaro foi introduzido, como parte do al√≠vio fiscal para o ano de 2015, o escambo administrativo exigido pela lei Desbloquear a It√°lia. Em particular, foi introduzida uma redu√ß√£o de 30% TARI ou TASI, dependendo das interven√ß√Ķes e projetos propostos pelos cidad√£os.
O escambo administrativo tamb√©m cai em Pescara, onde o Movimento 5 Estrelas apresentou no Conselho a proposta de adotar as barganhas administrativas para permitir que cidad√£os em condi√ß√Ķes dif√≠ceis paguem impostos locais trabalhando para a cidade, obtendo assim uma dupla vantagem: os problem√°ticos poderiam cumprir suas obriga√ß√Ķes. e o Munic√≠pio aproveitaria essa for√ßa de trabalho √ļtil para os empregos para os quais hoje n√£o possui recursos humanos nem econ√īmicos.
Em outros munic√≠pios onde ainda n√£o h√° proposta de resolu√ß√£o adequada, os cidad√£os e n√£o apenas se mobilizam para sua introdu√ß√£o urgente. Como um Lanciano na prov√≠ncia de Chieti, onde a associa√ß√£o #megliodomani forneceu uma cole√ß√£o de assinaturas com as quais os cidad√£os decidir√£o se no munic√≠pio do territ√≥rio de Teatino o escambo administrativo pode ou n√£o ser √ļtil.
Ou novamente um VastoEm Abruzzo, por exemplo, a ideia de cinco conselheiros é pedir aos cidadãos uma mão para limpar e supervisionar os parques, para prestar assistência a crianças em idade escolar e para limpar a neve.
Mas se alguns munic√≠pios discutem a possibilidade de introduzir o escambo administrativo que poderia ajudar especialmente aqueles que est√£o desempregados, outros fecharam a quest√£o negando aos cidad√£os a possibilidade de pagar impostos com obras p√ļblicas, como aconteceu com Monza.

Parar primeiro imposto da casa?

O início da troca administrativa vem ao mesmo tempo que o Premier Matteo Renzi anuncia oabolição do imposto sobre a primeira casa já em 2016.
Uma revolução fiscal anunciada com o lançamento da próxima Lei de Estabilidade que não cancelará aIMU na primeira casa que atualmente afeta apenas os edifícios empilhados nas categorias cadastrais A1, A8 e A9, ou seja, casas de luxo, moradias e castelos, mas sim iria cancelar o TASI, o imposto sobre serviços indivisíveis, juntamente com a IMU agrícola e o imposto sobre aparafusado (ou seja, máquinas fixas de empresas).
Uma opera√ß√£o que poderia economizar em m√©dia ‚ā¨ 204 por ano, com impacto em cerca de 19 milh√Ķes de propriet√°rios de casas pela primeira vez.



Vídeo: