Falência Richard Ginori

Ap√≥s a venda de Marazzi, o fracasso de Richard Ginori, √© outro sinal de alarme preocupante da crise que a cer√Ęmica italiana est√° passando

Falência Richard Ginori

Ap√≥s a venda da marca hist√≥rica Marazzi a um grupo americano, as recentes not√≠cias da fal√™ncia, decretadas pelo Tribunal de Floren√ßa, do Richard Ginori, √© mais um alarmante sinal de alarme da crise pela qual a cer√Ęmica italiana est√° passando. Ainda mais alarmante, se voc√™ acha que ainda √© um dos setores motrizes de nossa economia.

zuccheriera Richard Ginori

N√£o foi suficiente para os ju√≠zes, o plano de resgate proposto pelos liquidantes, que previa o arrendamento a um grupo de empresas constitu√≠das pela empresa americana. Lenox e do romeno Apulum, que comprometeu-se a compr√°-lo posteriormente por 13 milh√Ķes de euros, enquanto o pagamento de parte das d√≠vidas (cerca de 23 milh√Ķes) veio da venda para o Estado de Museu De Porcelana.

As esperan√ßas est√£o perdidas para os mais de 300 trabalhadores desde agosto do ano passado. fundo de redund√Ęncia, que ent√£o ocupou a f√°brica e se reuniu em assembl√©ia, enquanto Andrea Spignoli foi nomeado fiduci√°rio, que espera encontrar um comprador.

História de Richard Ginori

Richard Ginori √© um nome hist√≥rico da ind√ļstria italiana: a companhia hist√≥rica da porcelana de luxo para a mesa nascido h√° mais de 250 anos em Sesto Fiorentino, sobre os fundamentos da F√°brica De Duchefundada por Carlo Ginori em 1735.

coppetta quadrata Richard Ginori

Naquela √©poca, a porcelana que trabalhava na Europa ainda era uma arte secreta, arrancada dos inventores chineses e zelosamente guardada pelo rei da Sax√īnia.
O Marquês Ginori percebeu um rudimentar em sua propriedade forno, com o qual experimentar a produção do material precioso, ele conseguiu em sua intenção e fundou sua manufatura.

Em 1896, gra√ßas √† fus√£o com o grupo industrial milan√™s Augusto Richard, a empresa assumiu o nome atual e os contornos da produ√ß√£o industrial real, tamb√©m gra√ßas √† realiza√ß√£o de isoladores cer√Ęmicos, necess√°rio com a propaga√ß√£o de eletricidade.

Em 1965 as empresas conheceram a prestigiosa dire√ß√£o art√≠stica do arquiteto e designer Gio Ponti, enquanto em 1965 fundiu-se com o Sociedade Italiana de Cer√Ęmica Laveno.

Nos anos setenta, a empresa se fundiu com o Pozzi para dar vida a um √ļnico grande grupo cer√Ęmico, o Pozzi Ginorie, assim, entrar no mundo dos m√≥veis de casa de banho.

Raz√Ķes para a crise de Richard Ginori

A empresa provavelmente foi afundada por um gest√£o sem preju√≠zo ocorreu nos √ļltimos 40 anos.

piatto frutta Richard Ginori

De fato, em 1970, a história da empresa cruza a de Michele SindonaUm banqueiro de pedreiro conspirou com a máfia, morreu de envenenamento na prisão, onde ele estava cumprindo uma sentença de prisão perpétua.
Naquele mesmo ano, de fato, a empresa havia se tornado uma subsidi√°ria da Sindona Sviluppo Finanziaria.

Em 1973, a empresa se funde com o Liquigas de Raffalee Ursini, mestre, entre outros do SAI, escapou nos anos 80 na América do Sul, após uma condenação por contabilidade falsa.
√Č nesses anos que a empresa se funde com a Pozzi, e novamente em 77 para a SAI controlada pela Salvatore Ligresti.

Mas os verdadeiros problemas começam em 1993, quando o grupo é desmembrado e Pozzi Ginori vai para o Sanitec Corporation, enquanto Richard Ginori é tomado pelo Pagnossin.

Em 2006 ele se juntou ao grupo la Bormioli Rocco & Sons, com a ideia de produzir itens para venda em grandes varejistas, mas para reduzir custos, grande parte desse material não foi produzido pela histórica fábrica de Sese, mas em várias fábricas italianas.
Esta colaboração durou apenas um ano, quando a empresa passou para as mãos do agente imobiliário Luca Sarreri.

No ano passado, a empresa encontrou-se com contas a pagar por mais de 40 milh√Ķes de euros, a f√°brica de Sesto Fiorentino √© colocada em liquida√ß√£o volunt√°ria, e uma faculdade de liquidantes √© criada para evitar a fal√™ncia.
Miss√£o como vimos, que n√£o foi bem sucedida.


arco.



Vídeo: Bankruptcy