Montagem de Condomínio e Imóvel Exclusivo

A assembléia do condomínio não pode decidir sobre assuntos relativos às propriedades exclusivas ou direitos de propriedade dos condomínios em coisas comuns.

Montagem de Condomínio e Imóvel Exclusivo

L 'montagem de condomínio é competente para decidir sobre a administração e conservação de coisas comuns.

Assemblea

O regulamento do condom√≠nio, que pode ser adotado pela reuni√£o dos condom√≠nios com o Maiorias previstas para a nomea√ß√£o do director (maioria dos presentes na reuni√£o e pelo menos 500 mil√©simos) deve conter as regras sobre o uso de coisas comuns e a distribui√ß√£o de despesas, de acordo com os direitos e obriga√ß√Ķes de cada propriet√°rio, bem como as regras para a prote√ß√£o do decoro do edif√≠cio e as relativas √† administra√ß√£o (art. 1138, primeiro par√°grafo, c.).
Em essência os assizes não podem decidir sobre assuntos pertencentes às propriedades exclusivas ou sobre os direitos de propriedade dos condomínios em coisas comuns.
Para dar um exemplo em rela√ß√£o aos casos mencionados acima, considere a assembl√©ia que, por maioria, pro√≠be o condom√≠nio de para alocar sua unidade imobili√°ria para um est√ļdio profissional em vez de atividade comercial ou delibera√ß√£o, sempre votada por maioria, com a qual se decide reservar o uso de uma parte comum apenas a alguns copropriet√°rios.

Exemplos podem continuar também em relação a repartição de despesas onde seria considerada inválida uma decisão da assembléia que sem o consentimento do interessado, na base de um alegado seu maior uso, cobra uma quota suplementar (ou superior).
Em todas essas hip√≥teses as resolu√ß√Ķes dos acionistas seriam nulas e sem efeito j√° que dizem respeito a assuntos que n√£o s√£o da compet√™ncia da assembl√©ia, ou porque afetam os direitos individuais sobre bens ou servi√ßos comuns ou a propriedade exclusiva de cada um dos condom√≠nios (cfr. Cass. n. 4806/05).
Este princípio é sempre válido?

Assemblea

Em essência, é legítimo perguntar: regras ditadas em relação à competência da assembléia eles podem ser derrogados ampliando a esfera de intervenção?
A resposta é positiva porque é matéria disponível, isto é, regras derrogáveis com o consentimento expresso das partes interessadas.
Nesse sentido, por exemplo, foi dito que em rela√ß√£o ao condom√≠nio de pr√©dios, os poderes da assembl√©ia do condom√≠nio, estritamente estabelecidos pelo c√≥digo, n√£o podem invadir a esfera de propriedade dos condom√≠nios individuais, tanto para coisas comuns quanto para as exclusivas, exceto que tal invas√£o tem sido deles. especificamente aceitos ou em atos individuais, ou pela aprova√ß√£o do regulamento que o preveja, para que a autonomia privada permita que as partes estipulem ou aceitem contratualmente conven√ß√Ķes e regras anteriores que, no interesse comum, imp√Ķem limita√ß√Ķes aos direitos dos condom√≠nios, tanto no que diz respeito √†s partes comuns, tanto no que diz respeito ao conte√ļdo da lei dominicana sobre as partes de sua propriedade exclusiva, sem deixar claro que o exerc√≠cio dos direitos individuais sobre eles se reflete nas estruturas ou nas partes comuns.Segue-se que legitimamente as regras de um regulamento de condom√≠nio - ter uma natureza contratual, como preparado pelo √ļnico propriet√°rio original do edif√≠cio e aceito com escrituras de compra individuais por condom√≠nios ou adotado na reuni√£o com o consentimento un√Ęnime de todos os condom√≠nios - pode complementar o quadro legal e fornecer, no interesse comum, limita√ß√Ķes aos direitos dos condom√≠nios em rela√ß√£o tanto √†s partes comuns como ao conte√ļdo dos direitos individuais em partes de propriedade exclusiva, podendo estender essas proibi√ß√Ķes a mudan√ßas estruturais ou externas do bem individual e para certos usos disso.
(Cassa√ß√£o 11121/99; Cass. 9157/91; 6121/77; Cass. 13780/2004; e da √ļltima Cass. 8883/05)
(Bem Cass. 14 de dezembro de 2007 n. 26468).
Resumindo: a montagem, se os condomínios estiverem expressamente de acordo, pode regular o uso de coisas de propriedade exclusiva e os direitos sobre as partes de propriedade exclusiva.



Vídeo: ? APRENDA INSTALAR INTERFONE COLETIVO - AGL- passo a passo *EXCLUSIVO*