Anticongelante e g√°s de caldeira

As caldeiras comuns de apartamentos precisam de fun√ß√Ķes e produtos espec√≠ficos para evitar que as temperaturas mais baixas comprometam seu desempenho.

Anticongelante e g√°s de caldeira

Fun√ß√Ķes de caldeira comum

o caldeiras comuns presentes nos lares, servem para produzir água quente a uma temperatura inferior à da fervura à pressão atmosférica. Estas caldeiras devem ser ligadas a um sistema de aquecimento e a uma rede de distribuição de água sanitária adequada ao seu desempenho e à sua potência.
Um dos prote√ß√Ķes necess√°rias para preservar melhor a caldeira, √© a prote√ß√£o anticongelante, presente na forma de uma fun√ß√£o que faz com que a bomba e o queimador operem quando a temperatura da √°gua dentro da caldeira cai abaixo de 4¬į C.

la caldaia va periodicamente controllata

o fun√ß√£o anticongelante no entanto, s√≥ √© assegurado se as seguintes condi√ß√Ķes forem atendidas: a caldeira est√° corretamente conectada aos circuitos de fornecimento de g√°s e eletricidade; a caldeira √© constantemente alimentada; a caldeira n√£o est√° bloqueada e, obviamente, todos os componentes essenciais da caldeira n√£o est√£o danificados.
Se as condi√ß√Ķes acima mencionadas forem verificadas, uma caldeira √© geralmente protegida contra o congelamento at√© a temperatura ambiente de -5¬į C.
√Č necess√°ria uma aten√ß√£o especial nos casos em que a caldeira √© instalado em um lugar onde a temperatura cai abaixo de -5¬į C e se as condi√ß√Ķes descritas acima n√£o estiverem mais presentes, porque em tais casos h√° risco de congelamento.
Para evitar este problema, √© necess√°rio introduzir no circuito de aquecimento do l√≠quido anticongelante, seguindo em detalhe as indica√ß√Ķes do fabricante em termos de percentagem exigida em rela√ß√£o √† temperatura m√≠nima de refer√™ncia e √† capacidade do circuito em quest√£o. Tais l√≠quidos anticongelantes s√£o, geralmente, baseados em etileno e propileno glic√≥is.
Al√©m disso, o circuito sanit√°rio deve ser protegido contra o congelamento, em geral, ele fornece para esta fun√ß√£o um dispositivo composto de uma resist√™ncia el√©trica e um termostato de controle: tamb√©m neste caso a prote√ß√£o contra congelamento da caldeira s√≥ √© segurado sob certas condi√ß√Ķes, ou seja, quando a caldeira estiver corretamente conectada ao circuito da fonte de alimenta√ß√£o e alimentada e os componentes do dispositivo anticongelante n√£o estiverem danificados.
Estas condi√ß√Ķes s√£o geralmente suficientes para garantir a prote√ß√£o da caldeira contra o congelamento at√© uma temperatura de -15¬į C. Naturalmente, em todos os casos descritos, assume-se que os tubos, tanto dos circuitos de aquecimento como √°gua quentes√£o apropriadamente isolados.

Caldeira de fornecimento de g√°s

A maioria das caldeiras domésticas é construída para trabalhar com gás metano (G20), G.P.L. e ar propano (50% ar - 50% propano). O tubo de alimentação deve ser igual ou maior que o encaixe da caldeira, que é igual a metade do gás de entrada.

bruciatore gas

Antes de ligar o gás, certifique-se de que os tubos estão limpos e, se necessário, faça um limpeza interna completa, que permitirá remover os resíduos do funcionamento que possam comprometer o bom funcionamento da caldeira.
Al√©m disso, √© sempre bom verificar se o g√°s distribu√≠do corresponde √†quele para o qual a caldeira foi preparada e verificar o press√£o din√Ęmica de rede que ser√° usada para fornecer a caldeira (refer√™ncia UNI EN 437).
A conexão da torneira deve ser feita corretamente, tubo de fornecimento de gás combustível deve ser dimensionado adequadamente de acordo com os regulamentos atuais UNI CIG 7129/08) porque um fluxo de gás errado para o queimador pode comprometer sua operação e desempenho.
O padr√£o UNI CIG 7129/08 tamb√©m fornece indica√ß√Ķes precisas sobre as juntas dos tubos e os m√©todos de instala√ß√£o nos v√°rios casos.



Vídeo: Como instalar rede de aquecimento central