Eles toleram o abuso de mini

No estudo uma anistia para pequenas irregularidades de construção, antes da apresentação da Manobra de Orçamento na Comissão de Orçamento.

Eles toleram o abuso de mini

Condono sim, n√£o condono. Este parece ser o tormento da atividade pol√≠tica dos √ļltimos dias.
Depois de in√ļmeras nega√ß√Ķes sobre a presen√ßa de um novo edif√≠cio anistia no or√ßamento, depois que o governo foi r√°pido em negar que o anistia do registro de terras contidos na manobra de 24 bilh√Ķes era um cond√£o mascarado, aqui est√° uma nova hip√≥tese de anistia para interven√ß√Ķes de constru√ß√£o ilegal: a da chamada abuso por necessidade.

Interven√ß√Ķes de pequenos edif√≠cios

Como a hist√≥ria do nosso pa√≠s j√° mostrou no passado, as anistias nunca foram apresentadas em primeira inst√Ęncia diretamente pelo governo, mas sempre em um momento posterior emenda por alguns parlamentares, e √© isso que est√° acontecendo agora.
√Č claro que teremos que esperar pelos pr√≥ximos dias e o exame de Manovra em Comiss√£o de Or√ßamento para descobrir se a norma criada por alguns senadores ser√° aprovada antes de emitir julgamentos finais.
O texto em an√°lise √© o mesmo j√° apresentado pela regi√£o da Camp√Ęnia Carlo Sarro juntamente com outras medidas e sujeitas a algumas corre√ß√Ķes. O prop√≥sito da proposta do Sarro era reabrir os termos do Eu concordo 2003 e levou, por enquanto, a suspens√£o de ordens de demoli√ß√£o para edif√≠cios abusivos usados ‚Äč‚Äčcomo uma primeira habita√ß√£o.
O texto que est√° sendo estudado, no entanto, abrangeria todo o territ√≥rio nacional e sua apresenta√ß√£o decorre do fato de que os expoentes pol√≠ticos que o apresentaram consideram importante dar a oportunidade a alguns cidad√£os de regularizar algumas situa√ß√Ķes em que est√£o em situa√ß√£o de necessidade., Tipo: eu estendo a casa em 50 metros para ter um quarto extra para as crian√ßas (Declara√ß√£o relatada por Ag√™ncia ANSA). Pode-se objetar que, com 50 metros a mais, as crian√ßas construam um mini-apartamento, n√£o um quarto...
No entanto, os abusos especulativos parecem ser excluídos da anistia, como a construção de arranha-céus e até os pequenos abusos cometidos em áreas delimitadas pelo ponto de vista da paisagem.
O mini condono ao estudo tamb√©m poderia ser uma consequ√™ncia natural da anistia cadastral j√° estabelecida. Como √© claro, de fato, as propriedades a serem regularizadas do ponto de vista cadastral podem ser inclu√≠das em duas grandes categorias: as irregulares apenas para o Registro de Terras, porque n√£o s√£o declaradas √† propriedade.Ag√™ncia Terrestree, portanto, desconhecido para as autoridades fiscais, mas constru√≠do com autoriza√ß√Ķes regulares; aqueles n√£o declarados por n√£o serem regulares, mesmo do ponto de vista urban√≠sticoe, portanto, realizada de forma abusiva.


arco. Carmen Granata



V√≠deo: A atriz Paolla Oliveira, o rep√ļdio sobre as fotos que vazaram e a s√©rie ‚ÄúAss√©dio‚ÄĚ.